Untitled Document




02-02-2020 10:06

Dom Bosco: um encontro com a juventude que perdura até hoje

Por: Maria Eduarda Góis - Cidade do Vaticano

A Sociedade de São Francisco de Sales iniciou-se com São João Bosco, pai da juventude e santo cuja memória recordamos hoje.

Em 8 de dezembro de 1841, Solenidade da Imaculada Conceição, Dom Bosco foi à Igreja de São Francisco de Sales, em Turim, para celebrar a Missa.

Ao chegar na sacristia encontrou um jovem andando pelo local. Era Bartolomeu Garelli, de dezesseis anos, órfão e ajudante de pedreiro; ele nunca havia frequentado a escola e não sabia nada sobre o catecismo e a religião.

O sacristão da igreja foi logo retirando o menino, mas Dom Bosco faz Bartolomeu retornar. Através daquele menino, o santo pôde ouvir o apelo de uma juventude marginalizada e carente.

São João Bosco, após celebrar a Missa, conversa rapidamente com Bartolomeu e o convida para rezarem, juntos, uma Ave-Maria: marco da fundação dos salesianos.

Neste encontro, o santo da juventude pede que Bartolomeu Garelli convide outros jovens e amigos, para que pudessem se encontrar. Assim nasce o grupo de rapazes que se reuniam todos os domingos.

Um encontro providencial e carismático de Dom Bosco com a juventude, um grupo pequeno de rapazes que se transformou em uma ordem.

Aos poucos, a obra salesiana assumiu solidez e se expandiu não só pela Itália, mas para Espanha, para o Brasil e para o mundo. Hoje os salesianos estão presentes em mais de 130 países; com 90 inspetorias e 30 grupos formados por leigos.

Fonte: https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2020-01/dom-bosco-um-encontro-com-a-juventude-que-perdura-ate-hoje.html



© Todos os Direitos Reservados à Paróquia Santo Antônio - Capuchinhos

Avenida Presidente Dultra - Capuchinhos, Feira de Santana - Ba

Tel: (75) 3625-1910