Untitled Document

Na década de 70 algumas pessoas da Paroquia de Santo Antônio, comunidade centro, começaram o então loteamento santa Mônica promovendo encontros na casa do Sr. Olegário e D. Agda Miranda . A participação dos moradores foi aumentando, a partir dos encontros com momentos de oração o grupo começou a dirigir celebrações da Palavra e alguns casais que moravam junto e não eram casados no religioso foram preparados e receberam os |sacramentos do Batismo e Matrimonio. Sentindo que aí estava nascendo uma nova comunidade, o então Pároc Frei Jose Dantas comprou e doou para os moradores um terreno para construção de uma capela. Em junho de 1975 foi implantada a pedra fundamental e com mutirões, leilões, muito trabalho e boa vontade foi construída a capela de Santa Mônica. Por aqui já passaram vários padres como: Frei Samuel, Frei Carlos Inácio, Frei Bruno, Frei Salomão acompanhado do seminarista Flaviano, Frei André, Frei Inácio, Frei Lucas, Frei Venâncio, Frei Aureliano, Frei Feliciano, frei Rutivalter e nosso atual vigário Frei Carlos Alberto.

O nosso muito obrigado aos iniciadores da comunidade: Vanda , Maria Jose, Secundino, Almerinda, Irene, Madalena, Estelita, Analdina, Sr. Pereira, Raimundo, Zezinho, Sr. Olegário e S. Agda. Nossas saudades: Frei Jose Dantas, D. Eliete, S. Luiza, Almira, Menília, Sr. Antonio, Diácono Barbosa, Valdice, Charles e André (in memorian).
Agradecemos também a Lucidalva por recordar um pouco desta historia.
Conselho Comunitário: Kenneth Rosário, Rosangela marques, Maria Arlene Rocha, Iolanda Marques, Cristiane Rocha, Henrique Rocha, Gilvana Maciel, Kleide Silva, Silvina, Lucidalva Miranda.

Localizada no bairro Pq. Lagoa do Subáe, na rua Gaspar s/n.

Tudo teve sua  origem a partir de uma comemoração do dia das mães no ano de 1987 na casa de Dona Zinha (uma das fundadoras). Após a comemoração do dia das mães, começou a surgir a necessidade de um espaço de oração então e a partir daí iniciou-se asa orações neste local. Com o passara do tempo, as orações e as missas passaram a ser realizadas na casa de Marizete (uma das fundadoras) por Frei André, que era o pároco na época.
Realizava-se aqui na comunidade um trabalho de acolhimento ao idoso e necessidade, cujo qual deu origem a comunidade que passou a ser chamada comunidade Nossa Senhora do Amparo.
Finalmente em meados de 1995 depois de muita dificuldade deu-se inicio a construção da capela, coma ajuda de Frei Feliciano, cuja qual encontra-se inacabada até os dias de hoje.



© Todos os Direitos Reservados à Paróquia Santo Antônio - Capuchinhos

Avenida Presidente Dultra - Capuchinhos, Feira de Santana - Ba

Tel: (75) 3625-1910